domingo, 19 de junho de 2011

Sickness

Ontem foi um dia especialmente difícil para mim pois fui ver o meu avô ao hospital...
Não gosto nada de ir ao hospital, cada porta aberta por onde eu olhava parecia dar entrada a um novo mundo de doenças e tristeza onde pessoas deitadas ou sentadas pareciam estar em constante sofrimento, um sofrimento que nenhum medicamento pode curar, a solidão.
Quando cheguei ao quarto do meu avô o meu coração caiu-me aos pés. Não conseguia reconhecer aquele senhor magro e de pele amarela que jazia imóvel sentado num cadeirão no meio do quarto. Ao entrar para o cumprimentar ele parecia também não me conseguir reconhecer quando olhou para mim com os seus olhos também cobertos de amarelo... Nós ficamos um pouco a falar com o meu avó  e eu fiquei, o que me pareceu uma eternidade, a tentar conter as lágrimas por o ver ali.
Quando nos fomos embora eu fui o ultimo a abandonar o quarto, quando o fiz olhei para trás, queria vê-lo outra vez, uma ultima vez antes de me ir embora. Ele estava como o vi ao entrar, triste, por estar assim, naquele lugar...

3 comentários:

  1. Eu nem insisto muito, mas sou Humano.

    Uau, deve estar a doer-te imenso. Ver uma pessoa que amamos, que nos apoiou e sempre nos viu crescer numas condições tão limitadas deve é devastador! :/

    Muita força!

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar