domingo, 26 de setembro de 2010

Sonhos

Porque razão sonhamos nós?
Será para relembrar, ou para esqueçer?
Não sei...
Só sei que dentro dele eu sinto-me livre, mais livre do que eu alguma vez irei ser.
Sem fronteiras ou limites para me conter eu posso fazer o que quiser, ser quem eu quiser ser, sem ninguém para me parar.
Pelo menos até eu acordar...

1 comentário:

  1. lembram-me as aulinhas de psicologia. ;p
    Mas concordo com o texto. ( :

    ResponderEliminar